Incontinência urinária na menopausa? Não está sozinha

Por vergonha, muitas mulheres têm tendência a esconder que sofrem de incontinência urinária. Desmistificar este tema é a única forma de encontrar uma solução que lhe permita viver com qualidade.

As perdas involuntárias de urina são mais comuns do que imagina e podem acontecer quando está a subir escadas, a tossir ou simplesmente a dar uma gargalhada. E então quando se trata da menopausa, maiores são as probabilidades de isso acontecer.

Maria, com 59 anos, confessa que quando descobriu que sofria de incontinência urinária vivia constantemente preocupada e com medo de sair à rua. Primeiro porque podia não encontrar uma casa de banho caso tivesse uma vontade repentina de urinar, depois porque não queria que os outros descobrissem o seu problema.

Após consultar o seu médico percebeu que não estava sozinha e avançou para um plano de alimentação e exercício feito à medida do seu problema. E o primeiro passo é, sempre, desmistificar este tabu.

Assista acima ao testemunho de Maria.

Artigos Relacionados

Incontinência Urinária: sabia que pode controlá-la através do exercício físico?

Incontinência Urinária: sabia que pode controlá-la através do exercício físico?

Muitas são as formas de tratar a incontinência urinária ligeira. Seja através de medicamentos ou...
LER MAIS

Quebrar o silêncio para manter uma vida cheia de qualidade

1 em cada 3 mulheres sofre de incontinência urinária, problema também conhecido como uma “epidemia...
LER MAIS

Leave a Reply